ArtigosVídeos

Meetup | Blockchain no Setor Petroquímico

By 3 de maio de 2019 maio 7th, 2019 No Comments
https://www.youtube.com/watch?v=MOFvoqq_Kzg&feature=youtu.be&t=6
Meetup

Blockchain e o Setor Petroquímico

Tenha acesso ao conteúdo completo e aprenda tudo sobre o tema.

* Campos obigatórios

Confira como foi o encontro que discutiu as aplicações de blockchain nesse setor

Realizado em parceria com a Braskem, empresa brasileira do setor químico e petroquímico, o Meetup “Blockchain no Setor Petroquímico”, que ocorreu no dia 24 de abril na cidade de Porto Alegre (RS), abordou desde os fundamentos técnicos e as propriedades do blockchain, até aplicações feitas pela própria Braskem.

Propriedades e casos de uso do blockchain

Felipe Santos, CEO do Insidly, abriu o encontro falando sobre casos de uso gerais e empresas que já utilizam o blockchain em seus negócios, como a Ujo, uma plataforma semelhante ao Spotify e que serve para conectar artistas, suas canções e o público, a Civil, que foi criada com o intuito de dar maior valor ao trabalho de jornalistas, ou ainda a Everledger, que rastreia diamantes e garante, assim, que são de origem legítima.

Uma tecnologia que muita gente considera uma tecnologia fundamental (...) quase como uma Internet ou um motor a vapor, que pode impactar quase todos os segmentos da economia mundial.

Felipe SantosCEO, Insidly
Ele também comentou sobre as principais propriedades do blockchain – transparência, rastreabilidade, imutabilidade, segurança e descentralização – abordando-as de acordo com os problemas que a tecnologia precisou resolver para que fosse criado o primeiro dinheiro eletrônico independente de uma autoridade central, o Bitcoin.

Aplicação de blockchain na Braskem

Em seguida, Backer Rosa, especialista de blockchain na área de TI da Braskem, discutiu os principais problemas enfrentados na área de supply chain da empresa, relacionando-os principalmente a uma falta de monitoramento da carga, e contou como foi o processo de escolha do blockchain como a tecnologia capaz de solucionar tais problemas.

A aplicação do blockchain não deve ser puramente técnica (...) sem o conceito atrelado

Backer RosaBraskem

Tenha acesso ao conteúdo completo e aprenda tudo sobre o tema.

* Campos obigatórios
Backer também falou sobre o processo de desenvolvimento do projeto, alguns desafios com os quais eles se depararam durante a implementação e como foi o processo de convencimento para garantir que todos os 40 operadores logísticos com que a Braskem trabalha também se envolvam e façam parte da cadeia.

O uso dos smart contracts nos negócios

Por fim, David Ortenzi, sócio-fundador da OrtenziAvila Advogados e coordenador do Núcleo de Startups e Novas Tecnologias do escritório, comentou sobre os contratos inteligentes, ou smart contracts (códigos de computador que traduzem os termos de um contrato para o blockchain), e suas aplicações no mundo dos negócios. David também alertou sobre os cuidados a serem tomados quando se opta por utilizar essa tecnologia.

Ficou curioso para saber os detalhes do funcionamento da tecnologia? Preencha o formulário aqui com o seu email e receba o vídeo integral do Meetup “Blockchain no Setor Petroquímico”!

Leave a Reply